R RELEASE

Simineral premia os vencedores do 6º Concurso de Redação da Mineração

Concurso chegou à marca de 20 mil participantes em seis anos

O Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) e a Secretaria de Educação do Estado do Pará (Seduc) premiaram nesta quarta-feira, 07 de junho, os vencedores da 6ª edição do Concurso de Redação da Mineração.

Durante evento realizado no Teatro da Estação Gasômetro, foram premiados dez estudantes, vencedores dos cinco primeiros lugares do ensino médio e do fundamental. Também receberam prêmios dez professores-orientadores e as escolas que conquistaram o primeiro lugar.

O Concurso de Redação da Mineração é realizado há seis anos com o objetivo de contribuir para ampliar o conhecimento dos alunos do Pará sobre a indústria da mineração e aprimorar a ação da escrita e da leitura das crianças e jovens. Este ano, orientados pelo tema “Mineração: presente na nossa evolução”, professores de todo o estado trabalharam em sala de aula, incentivando a pesquisa de materiais do setor mineral e a produção de textos sobre o segmento.

A estudante Maira Fernanda Barbosa Lobato, da Escola Doutor Freitas, conquistou o primeiro lugar entre as escolas de ensino médio e ganhou um ultrabook. Aluna do terceiro ano, a jovem de 16 anos decidiu participar do concurso como forma de intensificar os estudos para o Enem, melhorando o desempenho na redação. “A orientação da equipe que foi muito legal e fiquei muito feliz de ter ganhado participando pela primeira vez”, conta.

A 6ª edição do Concurso de Redação da Mineração teve mil inscrições, totalizando mais de 20 mil participantes desde o lançamento da ação, em 2012. “É de fundamental importância estar formando a geração da mineração aqui no estado. Essa parceria com a Seduc é fundamental para que possamos estar fazendo a geração da mineração, deixando o maior legado que o setor mineral pode deixar ao estado do Pará, que é a educação”, pontua o presidente do Simineral, José Fernando Gomes Júnior.

PREMIADOS E PRÊMIOS

Ensino Fundamental – Alunos

  1. Ana Paula Tavares de Lima, da Escola Maria Gabriela Ramos de Oliveira – 01 Ultrabook
  2. Carliane Alcielen Ramos Silva, da Escola Jaderlândia – 01 Notebook
  3. Micaemme Yandra Fender Lobato, da Escola Doutor Freitas – 01 Tablet
  4. Ruanny Maysa Souza Caldas, da Escola Celina Del Tetto – 01 Vale-Livro no valor de R$ 300
  5. Jaqueline da Silva Virgolino, da Escola José Marcelino de Oliveira – 01 Vale-Livro no valor de R$ 200

Ensino Fundamental – Educadores

  1. Walquíria Tavares Soares – 01 Tablet
  2. Áurea Cely do N. Ferreira – 01 Tablet
  3. Aurélia Regina Soares Vasco – 01 Tablet
  4. Zailton Silva e Silva – 01 Vale-Livro no valor de R$ 200
  5. Marlúcia Martins Carneiro – 01 Vale-Livro no valor de R$ 200

Ensino Médio – Alunos

  1. Maira Fernanda Barbosa Lobato, da Escola Doutor Freitas – 01 Ultrabook
  2. Juliana Sousa da Silva, da Escola Dom Calábria – 01 Notebook
  3. Elaine do Rego Carneiro, da Escola Professor Basílio de Carvalho – 01 Tablet
  4. Matheus de Jesus Gaia, da Escola Abraão Simão Jatene – 01 Vale-Livro no valor de R$ 300
  5. Jheleff Bezerra Braga, da Escola Dr. Justo Chermont – 01 Vale-Livro no valor de R$ 200

Ensino Médio – Educadores

  1. Florenice Barbosa Lobato – 01 Tablet
  2. Bruna da Costa Luz – 01 Tablet
  3. Ivo Soares Vieira – 01 Tablet
  4. Daniela Santos Furtado – 01 Vale-Livro no valor de R$ 200
  5. Márcia do Socorro Botelho Cavalcante – 01 Vale-Livro no valor de R$ 200
Simineral completa 10 anos divulgando a mineração no Estado

O estado do Pará é um dos maiores produtores mundiais de minério, sendo o setor mineral primordial para a economia local, gerando investimentos, empregos e novos negócios. Por conta desta relevância, foi criado, há 10 anos, o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), com o propósito de buscar soluções para desafios em comum entre as mineradoras, funcionando como um espaço de articulação para o desenvolvimento da atividade mineral.

O sindicato foi constituído em 15 de janeiro de 2007, pela iniciativa das empresas ALCOA, CADAM, Imerys, Mineração Rio do Norte (MRN) e Vale, e hoje já possui outras associadas, como B&A Mineração, Belo Sun Mineração, Brazauro Recursos Minerais S/A, ESCO, Hydro, Mineração Buritirama S/A, Palmyra Recursos Naturais, Avanco Resources Limited e Votorantim. O primeiro presidente foi Eugênio Victorasso, da Vale. E em outubro de 2011 tomou posse José Fernando Gomes Júnior, diretor de relações institucionais da Vale, para seu primeiro mandato. Em 2014 ele foi reeleito e permanece no cargo até 2018.

CONQUISTAS

Nesses 10 anos, várias conquistas fortaleceram a importância da atividade do Sindicato, tornando-o um legítimo representante e disseminador do setor mineral, para o Pará, o Brasil e o mundo. Entre essas conquistas podemos destacar a instituição do dia 14 de março como o dia Estadual da Mineração no Pará; o lançamento do Anuário Mineral, que este ano estará na 6ª edição; Concurso de Redação da Mineração e Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo.

Além disso, o Simineral foi o principal interlocutor para criação da Frente Parlamentar de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Mineração no Estado do Pará. Outra conquista pioneira foi a inauguração, em 30 de agosto de 2012, da Casa da Mineração, em Belém. O espaço funciona como ponto de encontro do setor mineral paraense para discussões com as esferas públicas e privadas e a sociedade civil. A ideia é aproximar o setor produtivo mineral, cada vez mais, da população. No local, estão sediados o Simineral e o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM). Hoje a Casa da Mineração é parceira também da SEMEC (Secretaria Municipal de Educação) com o projeto Turismo na Escola. “Para o futuro queremos alcançar outro público”, afirma José Fernando.

HOMENAGENS

Por essas e outras ações, o sindicato já recebeu reconhecimento internacional, além de várias homenagens, entre elas, dois prêmios internacionais: o Latin American Marketing Personality Awards – LAMPA, em 2015, e o Latin American Sales Personality Award – LASPA, em 2016. A homenagem reconhece a excelência dos serviços prestados ao setor mineral e aos demais setores pelo sindicato, bem como o posicionamento institucional da entidade dentre os mais destacados setores da economia de mercado. Além disso, o Simineral foi lembrado pelos relevantes serviços de informação que vem desenvolvendo desde 2012, com a publicação do primeiro Anuário Mineral do Pará.

A Câmara Municipal de Belém também homenageou, em 2016, o Simineral com a entrega do diploma e medalha Brasão D’Armas, a mais alta condecoração concedida pelo Poder Legislativo, pelo importante serviço do sindicato à frente do setor mineral local.

SERVIÇO

Comemoração dos 10 anos do Simineral. Dia 19 de janeiro de 2017, às 19h30, no auditório Albano Franco da Fiepa.